Novas Frequências 2014

Cut Hands

Cut Hands

Data/Local: ,

(Blackest Ever Black/ Escócia)

Um verdadeiro ícone da música underground britânica, o escocês William Bennet fundou o Whitehouse em 1980 com o desejo de criar o tipo de música mais extrema jamais gravada. O grupo permaneceu no auge das cenas de noise e power electronics por quase três décadas, causando muita controvéria e estimulando debate em função de conteúdos estremamente violentos e sexistas.

Um especialista em linguística e comunicação inconsciente, a nova arma sônica de Bennet atende pelo nome de Cut Hands, um projeto eletrônico tribalista, intenso e poliritimicamente diabólico.Um colecionador de discos de música africana, especialmente de Gana e Congo, William ao longo dos últimos anos vem unificando as cenas de noise e techno através de um som agressivo e ao mesmo tempo psicodélico que mistura máquinas com os ritmos e rituais do vudu e da santeria da América Central.

Depois de diversos singles e EP’s (destaque para Afro Noise, uma série em 4 volumes), William finalmente anunciou seu primeiro álbum cheio. Festival of the Dead sairá em outubro via Blackest Ever Black, um dos mais festejados selos dos últimos anos (Raime, Prurient, Vatican Shadow, Tropic of Cancer) por mudar a percepção de como a música eletrônica pode soar em uma pista.

 
Comments
 
Random Items
 
Auto
BenFrost_BörkurSigthorsson
Ben Frost A U R O R A live
serge-2
Sèrge Erege